Dicionário Enciclopédico de Psicanálise da IPA

Retornar ao sumário

CONFLITO Entrada Tri-Regional Consultores Inter-regionais: Christine Diercks (Europa), Daniel Traub-Werner (América do Norte), Héctor Cothros (América Latina) Co-presidente da Coordenação Inter-regional: Eva D. Papiasvili (América do Norte) ————— Tradução para o português: Stephania Aparecida Ribeiro Batista Geraldini (Instituto Durval Marcondes, da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo) Coordenação e edição para a tradução para o português: Maria Cristina Garcia Vasconcellos (Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre)

“…É desse par de opostos/dessa antítese que brota nossa vida mental” (Freud, Carta a W. Fliess de 19 de Fevereiro de 1899; em Freud, S. 1950[1892-1899], p. 329).

I. INTRODUÇÃO E DEFINIÇÕES

Freud inaugurou a psicanálise com base no conflito psíquico, isto é, sobre uma compreensão do funcionamento da mente humana como uma interação de forças e tendências opostas. A psicanálise enfatiza, em especial, os efeitos dos conflitos inconscientes definidos como interações entre forças na mente das quais o indivíduo é inconsciente. Em um conflito, desejos, sentimentos, necessidades, interesses, ideias e valores opostos são confrontados entre si. Segundo a teoria psicanalítica o conflito psíquico é primordial para a dinâmica da mente humana e é, do ponto de vista da psicanálise clássica, abastecido pela energia instintual [pulsão] e mediado pelas fantasias que são afetivamente catexizadas. Todos os processos mentais estão baseados na interação de forças psíquicas conflitantes que, por sua vez, mantém complexa interação com estímulos externos. O principal objeto de estudo da psicanálise é o aspecto inconsciente e latente do conflito psíquico, que em última instância, tem sua origem a partir dos desejos infantis reprimidos. Esses conteúdos inconscientes ressurgem por meio de formas destorcidas, tais como os sonhos, atos falhos, sintomas, e sob a forma de manifestações culturais. Para Freud, o principal conflito da psicanálise é o conflito Edípico. Essa disputa – situada entre os desejos infantis e as proibições – é constitutiva das dinâmicas da vida psíquica e de suas manifestações. Além de suas qualidades dinâmicas, o conflito também possui inúmeros componentes metapsicológicos: Topográfico (consciente, pré-consciente,

15

Made with FlippingBook - Online catalogs