Pages from Miolo Equilibrio Amb 16

2. DESEQUILÍBRIO AMBIENTAL

É uma alteração significativa do equilíbrio ambiental em um determinado ter- ritório decor rente de empreendimentos humanos não comprometidos com os prin- cípios do desenvolvimento sustentável. A ruptura do equilíbrio das paisagens pode ocor rer tanto pela alteração de suas condições físicas (térmicas, químicas e mecânicas) como sociais ou ecológicas. O agravamento dos impactos ambientais causados pelas atividades humanas em nosso planeta, causando poluição atmosférica, das águas dos rios e oceanos e também do solo, fez com que medidas severas fossem tomadas nos últimos anos, visando coibir os abusos e criar uma nova consciência ambientalista. O consumo cada vez maior de energia e matéria pela humanidade, provoca uma degradação cada vez mais crescente, pois, com o passar dos séculos, a população humana foi crescendo, consumindo cada vez quantidades maiores de alimentos, procu- rando mais confor to, segurança, lazer, melhores condições de saúde, etc. Todo esse confor to da vida moderna consome cada vez maiores quantidades de energia e matéria, porém nos esque- cemos de que dispomos apenas da ma- téria que é encontrada no planeta Terra, apesar de sabermos que a matéria não pode ser criada, apenas transformada. Alguns recursos naturais são renováveis, como os vegetais, porém temos também os não renováveis, como o petróleo e o car-

1. EQUILÍBRIO AMBIENTAL

É o estado em que as populações relativas de espécies variadas ficam mais ou menos estáveis, no qual as taxas de mor- talidade e emigração são equilibradas pelas taxas de natalidade e de imigração. Cientificamente, meio ambiente é a soma total das condições exter nas nas quais um organismo, uma condição, uma comunidade ou objeto existe, daí a grande insensatez de não levarmos em conta que o respeito pela Natureza é a nossa garantia de sobrevivência. Como conviver neste planeta que nos acolhe, de forma a garantir nossa sobre- vivência e a das gerações futuras? Primeiramente precisamos nos inteirar de como deve ser essa convivência, pelo conhecimento de fatores que provocam agressões à Natureza, e como remediá-los caso já tenham ocorrido ou possam vir a ocorrer em caso de acidentes ambientais.

16

Made with FlippingBook - Online magazine maker